quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Véspera de Natal

Que diazinho mais detestável. Primeiro aquele silêncio constrangedor, depois as línguas afidas começam a destilar o veneno, comentários aqui, fofocas ali, olhares por toda parte... analisando, julgando.

Então começam as brincadeiras... amigo secreto = um monte de gente que não se conhecem direito dão presentes que dificilmente agradam e recebem na sua maioria presentes piores do que deram.

A melhor parte é a ceia, dia de engordar, e torcer pra aquele prato cheio de creme de leite que uma tia leveou não dê dor de barriga no dia seguinte.

Espírito natalino uma ova, quero anular esse dia.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Café, Sono e Insônia




“ A medicina se preocupa demais em achar remédios para o homem dormir, e muito pouco em achar maneiras para o homem acordar e se manter bem acordado “.


Dormir é perigoso. Quando dormimos podemos morrer congelados, queimados, atropelados, assassinados, podemos ser assaltados, traídos, abandonados...Será que dormimos porque gostamos do perigo e queremos confirmar nossa coragem toda noite ?. O sono é um processo fisiológico que a natureza desenvolveu durante o processo da evolução para o crescimento e desenvolvimento dos seres vivos. Durante o sono ocorre uma abolição da consciência vigil e uma redução da resposta ao meio ambiente, de forma ritmica e reversivel, acompanhada da mudança em muitas funções do organismo. Quando as oscilações e mudanças fisiológicas rítmicas se aproxima do periodo de rotaçào da terra de 24 horas, denomina-se ritmo circadiano ( do latim circa dia ). Relógios biológicos ainda desconhecidos determinam esta ritmicidade. A alternância sono-vigilia parece depender de processos neuronais cíclicos atuando como verdadeiros relógios.

CAFÉ E SONO

Após o sono, ao acordar, a constante mais natural e comum do ser humano é tomar café. Seria então o café algo benéfico ou prejudicial ao sono ? .O consumo de café estimula o sistema de vigília, aumentando a atenção, concentração e mecanismos neuronais que atuam na consolidação da memória. Como a consolidação da memória ocorre durante a fase do sono sincronizado ( REM ), caso a atividade desta fase fosse aumentada, seria possível aumentar a capacidade de memória do ser humano. Mas a ciência ainda desconhece os mecanismos bioquímicos que ocorrem durante o sono, para interferir com medicamentos na etapa em que a memória esta sendo consolidada.Logo, o sono ainda é uma função que deve ser praticada de forma natural e sem interferência.


CAFÉ E INSONIA

Quase 1/3 dos adultos apresenta insônia durante a vida, sendo que a metade destes apresenta problemas que exigem cuidados médicos. A insônia pode ser transitória e de curta duração, ocorrendo por alguns dias, devido principalmente a situações estressantes agudas ou quando o ritmo circadiano é prejudicado por viagens aéreas intercontinentais. A insônia de curta duração durando algumas semanas ocorre em pessoas que apresentam uma doença aguda ou sofrem uma situação estressante temporária, como perda ou crise familiar, pessoal ou problemas financeiros. A insônia de longa duração, que persiste por meses ou anos, decorre mais comumente de problemas psíquicos, como ansiedade crônica ou depressão, abuso de álcool ou drogas, problemas clínicos crônicos dolorosos ou distúrbios específicos como apnéia do sono ou mioclonias noturnas (contrações abruptas, repetitivas e rítmicas de flexão dos membros inferiores que provocam despertar) e a síndrome das pernas inquietas (parestesia desconfortáveis dos membros inferiores tipo queimação). Distúrbios do ciclo sono-vigília são comuns e tendem a aumentar nos centros industrializados, particularmente nos trabalhadores de turnos variáveis, que se submetem a mudanças periódicas e bruscas do ciclo normal do sono. Devido à lentidão na adaptação do relógio biológico à mudança, ocorrem distúrbios importantes no sistema nervoso central com cansaço e sonolência excessivos. Há um maior risco de úlcera péptica, gastrite, hipertensão arterial e acidentes de trabalho.


Site muito interessante: http://www.cafeesaude.com.br/cafeesono/insonia.htm

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A Lula e a Baleia

Noah Bambauch, The Squid and the Whale, EUA, 2005.

História de uma familia excêntrica e em decadência. O pai, um romancista frustrado, machista, ao ver sua mulher revelar-se um grande talento na literatura fica com inveja e a familia se separa. Os filhos sofrem [ao som de pink floyd]. O mais velho é uma farsa, sem opnião própria, usa as palavras do pai pra discutir assuntos intelectuais e assim conquistar sua primeira namorada, apresenta Hey You do Pink Floyd no festival de talentos da escola como sendo uma composição dele e logo é desmascarado.
O mais novo por volta dos 12 anos se masturba na biblioteca e bebe bebidas alcóolicas em casa sem ser percebido. Enquanto isso a mãe dá pros pais dos amigos dos filhos, o instrutor de tênis, o psiquiatra eseus casos durante o casamento são descobertos e revelados para as crianças, e o pai come as aluninhas e tenta evenenar os filhos contra a mãe.
O filme não tem fim, acabou e tudo continuou do mesmo jeito.

Como diria Nelson Rodrigues, toda familia tem algo de podre, um dia vai aparecer um pai pederasta, um tio ladrão, uma filha prostituta...tudo na mesma hora.

segunda-feira, 31 de março de 2008

"No leito de morte o naturalista inglês Charles Darwin teria negado a sua teoria da evolução das espécies, reconhecendo que Deus deu origem a todos os seres vivos. O grande físico Albert Einstein também afirmou que, quanto mais estudava e descobria coisas novas, mais acreditava na existência de um ser Superior. O homem tem sede de Deus por isso vive numa busca desesperada por algo que possa sacia-lo."

Vou te contar viu? Puta mundo hipócrita.


Também descobri que vou pro inferno, não há mais nada que possa ser feito, estou condenada ao lago do fogo:

" OBRAS DA CARNE:



...Imoralidade, impureza, ações indecentes, adoração a ídolos, feitiçarias, inimizades, brigas, ciumeiras, acessos de raiva, ambição egoísta, desunião, paixão partidária, inveja, bebedeiras, farras e outras coisas parecidas com essas ... os que fazem issas coisas não herdarão o Reino de Deus."



- Gálatas 5:19-21 (BLH)

sábado, 29 de março de 2008


- Acho que estou apaixonada

- Porque diz isso?

- Me sinto péssima.

Arrasada.

segunda-feira, 24 de março de 2008

Carta aos mergulhadores


Como todos os seres humanos, nascemos no coração da mãe-terra. Temos braços e pernas, respiramos oxigênio que entra em pequenos pulmões. Passamos grande parte da nossa vida na posição vertical que nos dá uma maior autonomia e conforto na terra. Vistos superficialmente somos iguais a todos os seres humanos.

Mas analisando um pouco mais fundo, alguma coisa nos faz diferente. Nascemos com os olhos acostumados ao azul das águas. Temos um corpo que anseia pelo braço do mar e, um pulmão que aceita grandes privações de ar apenas para prolongar a nossa vida no mundo azul.

Somos homens e mulheres de espírito inquieto. Buscamos na nossa vida mais do que foi dado. Passamos por grandes provas para nos aproximar dos peixes.

Transformamos nossos pés em grandes nadadeiras, seguramos o calor do nosso corpo com peles falsas e chegamos ate a levar um novo pulmão em nossas costas. E tudo isto para quê ? Para podermos satisfazer uma paixão, um sonho. Porque nós, algum dia, de alguma forma, fomos apresentados a um mundo novo. Um mundo de silêncio, calma, mistério, respeito e amizade. E esta calma e silêncio nos fizeram esquecer da bagunça e agitação do nosso mundo natal. O mistério envolveu nosso coração sedento de aventura.

O respeito que aprendemos a ter pelos verdadeiros habitantes desse mundo. Respeito esse que, só depois de ter sentido a inocência de um peixe, a inteligência de um golfinho, a majestade de uma baleia ou mesmo a força de um tubarão, podemos compreender.

E a amizade. Quando vamos até o fundo do mar, descobrimos que ali jamais poderíamos viver sozinhos. Então levamos mais alguem. E esta pessoa, chamada de dupla, companheiro ou simplesmente amigo, passa a ser importante para nós. Porque, além de poder salvar nossa vida, passa a compartilhar tudo que vimos e sentimos. E em duplas, passamos a ter equipes, e estas passam a ser cada vez maiores e mais unidas. E assim entendemos que somos todos velhos amigos mesmo que não nos conheçamos. E esse elo que nos une é maior que todos os outros que já encontramos.
E isso faz com que nós mais do que amigos, sejamos irmãos. Faz de nós, mergulhadores.

Jacques Yves Cousteau
11/01/1910 - 25/06/1997

Inauguração

Noites de insônia fazem as pessoas criarem blogs.

Ainda pensando como vai ser o blog, por enquanto só consigo falar sobre a música que estou escutando a 3h seguidas, over and over again.

Sideways

(Santana e citizen cope)

You know it isn't easy
Você sabe que não é fácil

For these thoughts here to leave me
Para esses pensamentos aqui me deixarem

There are no words to describe it
Não existem palavras para descrever

In french or in english
Em francês ou inglês

Cause diamonds they fade
Porque diamantes desparecem

And flowers they bloom
e as flores florecem

And i'm telling you
e eu estou te dizendo

That these feelings won't go away
Que esses sentimentos não irão embora

They've been knockin me sideways
Eles estão me batendo em todas as saídas

They've been knockin me out litely
Elas estão me batendo literalmente

Whenever you come around me
Sempre que você chega perto

These feelings won't go away
Esses sentimentos não vão embora

They've been knockin me sideways
Eles estão me batendo em todas as saídas

I keep thinking in a moment that
Eu continuo pensando em um momento que…

Time will take them away
Tempo irá lever eles embora

But these feelings won't go away
Mas esses sentimentos não vão embora